As crianças com enurese e as suas famílias sofrem com a aproximação do Verão

Consequências da enurese no verão

 Acampamentos, excursões, dormir fora de casa, ir para campos de férias ou cursos no estrangeiro, põem a descoberto a enurese, um problema que envergonha as crianças que molham a cama. As crianças enuréticas sofrem as consequências do seu problema durante todo o ano, mas é no verão que elas e as suas famílias sofrem de forma especial.Consequências da enurese no verão

Fazer chichi na cama tem consequências que os adultos por vezes não conseguem valorizar. Para o Dr. Ruiz de la Roja, autor do livro ¿Por qué se orinan los niños en la cama? Respuestas de un médico, as consequências “são terríveis, porque são crianças que normalmente urinam todas as noites, por isso o seu rendimento escolar cai, adaptam-se socialmente mal, não conseguem socializar com os amigos… e o seu condicionamento chega ao ponto que muitos não saem de casa, não vão para campos ou acampamentos de férias, cursos de línguas no estrangeiro ou não dormem fora de casa, com amigos ou familiares, para que o seu problema não seja conhecido”.

 

Quem é afetado por este problema?

De acordo com os especialistasa, enurese “afeta 16% das crianças de 5 anos, 10% das crianças de 6 anos e 7,5% das crianças de 10 anos. Quando é realizado um acompanhamento a longo prazo de sujeitos enuréticos, a resolução espontânea é observada com uma frequência de aproximadamente 15% anual. Apesar disso, a partir dos 15 anos, o problema persiste em 1 a 3% da população”1, pelo que fazer chichi na cama à noite é mais comum do que se possa pensar.

A enurese “é uma doença possivelmente subdiagnosticada e, portanto, subtratada”. Esta falta de deteção significa que, todos os anos, milhares de crianças e as suas famílias são confrontadas, na altura do verão, com a difícil decisão de frequentar ou não um campo de férias, acampamento, curso no estrangeiro ou atividade semelhante, própria da idade e da estação do ano. Além disso, “embora a prevalência diminua com a idade, a frequência e a gravidade dos episódios enuréticos aumentam”1.

 

Que sentem as crianças que molham a cama?

 De acordo com um inquérito nacional realizado pelo Core Research Center, 17,2% das crianças com enurese “não queriam dormir fora de casa, dormir em casa de um amigo, ir a passeios, etc.” pela vergonha de tornar o problema público.

Subestimar a importância impede a abordagem por parte do especialista e tem consequências importantes para a vida da criança e da família. Por isso, se uma criança com mais de 5 anos molha regularmente a cama, deve ser consultado um pediatra.


Ref. 1.- Taborga Díaz E, García Nieto VM. Guía de manejo y diagnóstico terapéutico de la Enuresis Infantil. Madrid: Sociedad Española de Pediatría Extrahospitalaria y Atención Primaria; 2014 Diponível em https://www.sepeap.org/wp-content/uploads/2014/09/ENURESIS-INFANTIL.pdf. (Último acesso: maio 2022).